2.3.15

Confissões de uma Bibliófila

Eu fiquei pensando mil vezes no que eu diria aqui para voltar depois de tanto tempo off.
Tinha um post pendurado nos rascunhos desde dezembro, mas ele só faria sentido se eu postasse no começo do ano. Depois ficou estranho. Sabe quando você fica um tempão sem falar com alguém e depois fica sem assunto e fala só oi?
Tipo isso!

Mas calma, eu não vou dizer apenas oi! hahaha

Eu estava assistindo ao canal da Tatiana Feltrin (se você não conhece, acorda ai pra vida) e eu gostei tanto, concordei tanto, que resolvi que seria meu gancho pra voltar pra cá.
Sim, roubei a TAG de uma youtuber pra ter assunto e só Deus pode me julgar (se bem que nem considero roubo, porque esse trem de tag é um tal de pega daqui e posta ali, marca fulano, responde sicrano que né? - Eu só não tenho canal no youtube ué).

Mas vamos lá! Trata-se da TAG "Confissões de uma Bibliófila" e as perguntas são: 

1. Qual é o gênero de literatura que você se mantém longe?

Eu me mantenho longe desses livros adolescentes de seres mágicos, tipo vampiros, anjos, demônios, coisas do tipo garoto-encontra-garota, esses livros de banca tipo Julia/Sabrina e livros de auto-ajuda.
Muitos preconceitos literários que eu tinha ou tive, fui deixando de ter com o passar do tempo, mas esses que citei... Esses não tem como.

2. Qual é o livro que você tem na estante e tem vergonha de não ter lido?

Meu Deus, muitos. Eles ficam ali me julgando, me apontando na fuça e dizendo que sou uma fraude. Quando eu resolvi catalogar os livros em uma planilha, uma das colunas era o status (lido/não lido/abandonado) e eu fiquei assustada comigo mesma. Por isso resolvi fazer uma daquelas jarrinhas de sorteio de próximo livro (TBJ JAR - To be read Jar) pra ver se tomo vergonha na cara jeito e leio os que estão ali na espera. Mas acho que o que mais me envergonha é o Dom Quixote, que eu fiz uma questão absurda de ter, namorei, noivei, casei com ele quando o consegui e não li. Vergonha!

3. Qual é o seu pior hábito enquanto leitor(a)?

Eu sou neurótica com meus livros, acho que esse é o pior de todos os hábitos. Eu não gosto que ninguém pegue neles, não gosto que mexam, acho que trucido se amassarem, rasurarem ou marcarem um livro meu. Durante a leitura, meu pior hábito é que eu odeio barulhos externos, odeio conversa alheia, odeio burburinhos... Imaginem vocês que eu leio muito no ônibus, voltando da faculdade e que silêncio é a última coisa que eu consigo ter no meu dia-a-dia. Nesse momento vocês pensam: o que essa louca faz, mata as pessoas?
Não meus queridos, não mato as pessoas. Eu uso duas táticas infalíveis que eu costumo chamar de "paz portátil": protetor auricular nexcare para dormir (ou não) e um aplicativo dos deuses chamado "Rain Sounds Relax & Sleep". Esse app maravilhoso, reproduz diversos barulhinhos de chuva ♥ É maravilhoso, coloco no último volume e nada mais me perturba. Eu não consigo ler ouvindo música, mas barulho de chuva é coisa linda de Deus *-*. 

4. Você costuma ler a sinopse antes de ler o livro? 

Sim, sempre. Eu também vejo resenhas em canais literários, aceito indicações de amigos ou leio resenhas de quem eu sei que não faz spoiler. Eu já comprei muito livro pela capa torcendo pra ter sorte, mas já foi-se o tempo de ostentar assim. As coisas andam muito caras e por mais que eu gaste rios com livros, não compro mais nada às cegas!

5. Qual é o livro mais caro da sua estante?

Se for contar pelas coleções, tem muito grana investida ali. Eu não tenho comprado livros muito caros não. Mas tem coisas do tipo: "ah, hoje o livro está baratinho, mas na época que comprei foi bem caro". Eu lembro que paguei um bom dinheiro no Crônicas de Nárnia, no box d'O Guia do Mochileiro das Galáxias. O box do Desventuras em série e o livro 'Star Wars - A Trilogia – Special Edition', eu ganhei de presente, mas sei que foram bem carinhos também. 
Fora os livros específicos de fotografia que são sempre muito caros e eu nem tento mais comprar.  Ah, o ultimo que comprei foi o Americanah da Chimamanda Adichie e ele foi salgadinho à beça.

6. Você compra livros usados/em sebo?

 
MUITO! Durante o  tempo que fiquei no meu penúltimo emprego, que era perto de vários sebos, conhecia os livreiros pelo nome e fazia reservas por telefone pra buscar na hora do almoço hahaha. Eu tenho neura do livro estar sujo, rasgado ou muito amarelo, mas eu sou uma verdadeira desbravadora de sebos e sempre dou uma restauradinha quando pego algum meio prejudicado. Gastei sete vidas em sites como Estante Virtual e similares.
Atualmente, tenho adquirido muitos livros pelo facebook. A querida Clara Taveira do canal Capitu ja leu? me chamou para ajudar a administrar um dos grupos mais legais (e um dos maiores) para vendas e trocas de livros: o Desapego de Livros RJ (fica a dica) e eu tenho conseguido excelentes livros por lá. 
Além disso, também sou voluntária e incentivadora do projeto Biblioteca da Gratidão que é uma cria do grupo Feira Grátis da Gratidão (que eu já mostrei o que é aqui no blog - clique aqui para conhecer) e que pretende promover a doação de livros e a participação de livros nas feiras e demais eventos de doações. Ou seja: preconceito nenhum com livros de segunda ♥

7. Qual é a sua livraria (física) preferida?

A Livraria Cultura ♥. Eu fiquei muito apaixonada quando fui pra São Paulo e conheci a Cultura da Av. Paulista - queria morar lá dentro - e fiquei frustrada porque aqui no RJ não tinha. Não tinha, mas agora tem! A Livraria Cultura do RJ foi inaugurada num projeto de revitalização do antigo Cine Vitória na Cinelândia, que estava fechado há mais de 20 anos! Tem teatro, café, área de exposição, área geek, espaço para as crianças, poltronas, pufs e livros, muitos livros distribuídos em 4 andares de loja. Eu não ganho nada pelo marketing, mas amo essa loja ♥ (porém, quase não compro mais em lojas físicas a não ser que saiba que é uma big promoção - frequento, vejo as novidades, tiro foto pra lembrar o que quis, mas quase nunca compro porque acho os preços altos demais e sei que posso encontrar mais barato - vide tópico 6)

8. Qual é a sua livraria online preferida?

A que estiver mais em conta. Eu não tenho uma preferida, eu costumo pesquisar onde tenho mais desconto ou mais vantagem e compro lá. Recentemente fiz minha primeira compra da vida na Fnac e gostei muito, mas costumo comprar no Submarino (que não é livraria mas...), Saraiva, Travessa... Enfim, façam como eu e olhem no Buscapé antes hahaha

Gente, tô muito propagandeira nesse post e ninguém me paga nem uma mariola vencida pra isso - socorro

9. Você tem um orçamento (mensal) para comprar livros?

Eu deveria ter, mas não tenho, nunca tive e não sei se um dia terei hahaha
Eu tenho um caderninho (a louca) com listas de livros separados por tópicos: livros lidos, livros que ganhei de presente, livros desejados e livros comprados. Fiz isso pra ver dou uma controlada nessa sangria de comprar muitos livros porque eu sei que meu tempo de ler é reduzido devido a faculdade - então eu não dou conta mesmo. Com o caderninho de controle, por exemplo, eu percebi que em janeiro dei uma surtada e consegui segurar a onda em fevereiro. Então, acho que está dando certo! 


10. Quem você "tagueia"?

Olha, eu roubei a TAG, eu estou há um tempão sem vir aqui e não sei se alguém já fez algo parecido. Então eu não vou taguear ninguém não. Mas se alguém aí fizer vou super curtir saber que não estou só na roubalheira hahaha


Então... é isso! Chega, acabou o post!




Vídeo da Tati onde conheci a TAG: http://youtu.be/WglTGxwgK2k

7.12.14

O Talento de Tanya Little

As pessoas tem uma mania muito feia comum: quando se deparam com uma fotografia muito bonita, perguntam: qual câmera você usou?
Na cabeça de muitos, a qualidade de uma fotografia está mais ligada ao equipamento usado do que à pessoa que fez a foto. Isso é uma imbecilidade imensa.
É como se você chegasse na casa de alguém para jantar e dissesse: "Nossa, que comida deliciosa, qual fogão você usou?", "Ah, mas com uma panela dessas até eu faço comida boa".
Vou explicar de modo bem simples: a câmera não faz o fotógrafo.
E vou provar o que digo também:

Tanya Little é uma fotógrafa de Nevada que decidiu registrar o dia-a-dia de seus três filhos.
Ela passou os últimos quatro anos fotografando-os diariamente, com dedicação e criatividade.
As imagens que Tanya produziu de sua família, são incríveis.
Ela usa uma câmera de entrada bem simples: uma Canon Rebel T2i com duas lentes: 50mm f / 1.4 e 28mm f / 2.8.
O esposo disse que, recentemente, ela trocou para a T5i (que é a mais atual da linha Rebel), porém a maioria das fotografias dela (na pagina, site e portfólio) foram feitas na T2i.
Tanya não tem uma super-hiper-mega-blaster câmera. Ela não tem lentes top-de-linha.
Ela tem uma coisa que ela poderia usar com qualquer equipamento do mundo: TALENTO.

Confiram alguns exemplos:

Day 248 | 365 Exploration { 2014 } Day 231 | 365 Own Pose { 2014 } Day 211 | 365 Table Fort { 2014 } Day 195 | 365 Summer Falls { 2014 } Day 192 | 365 Rogue Reds Calendar { 2014 } Life Summer Sprinklers Exploration Day 249 | 365 Handstand { 2014 } Watching Videos

E agora? Concordam comigo que o que realmente importa é o fotógrafo por trás da câmera?

Veja mais: Site | Facebook | 500px | Flickr | Tumblr
Fonte: Bored Panda


Adivinha quem voltou? \o/

1.12.14

Uma imagem que vale mais que mil explicações


Não me abandonem, eu volto!

14.11.14

Nova Tag: Decoração

Eai, meu povo e minha pova? Tudo bem com vocês?
Olha que coisa legal, tô aqui pra estrear nova tag no blog!
Aí vocês pensam: "Tá e daí?". Daí que nada, né? #pokerface

Sempre que me perguntam: Ahh Carol, sobre o que é o seu blog?
Após os costumeiros minutos de inatividade cerebral eu costumo responder que é sobre as coisas que eu gosto. Só que DECORAÇÃO é uma coisa que eu gosto muuuuuito e nunca falei aqui.
Como ultimamente eu ando falante e escrevente, resolvi que vou começar a postar aqui as coisas que eu gosto mesmo! hahaha
Me aturem. Ou fujam. Mentira, fujam não, venham cá e me deem um abraço. Coletivo ♥

Bom amiguinhos e amiguinhas. Eu infelizmente ainda (ainda) não tenho a minha casinha para decorar e mostrar aqui para vocês. Mas o que não me faltam são idéias.
Eu tenho um catálogo de idéias e de coisas que farei quando a casinha chegar. Mas enquanto ela não chega, vou mostrando aqui as inspirações e anseios dessa pseudo-decoradora-wannabe.

Aceitam-se críticas, sugestões, ideias e macetes dos paranauês das decoração tudo!

Primeira inspiração da nova tag, é uma coisa que eu desejo MUITO ter.
E confesso que só não tenho ainda, por absoluta falta de espaço na atual casinha que moro.
Maaaaas, como na minha futura casa terei uma, já fico doida reunindo inspirações e idéias.

Penteadeiras

Gente, por favor! Meu sonho de menina que virou coisa brega e ultrapassada e depois renasceu das cinzas revitalizada (thanks God) ♥. Apenas que penteadeiras são a coisa mais amor que existe!
Eu quero, quero e quero uma!




01- Isadora - E agora Isadora?
02- Bruna Vieira - Depois dos Quinze
03- Mihh Costa - Black Colours
04, 05 e 06 - Encontradas no Pinterest
07- Giovanna Ferrarezi - Radioactive Unicorns
(se alguém souber o dono, é só avisar que eu coloco os créditos)



O que vocês acharam? Eu poderia ficar dias colocando referências aqui ♥
Qual vocês teriam? De qual gostaram mais? 
Me conta aqui nos comentários porque eu não consigo escolher uma só!

Ps: Desculpem o sumiço, meu amores! É final de semestre, vocês não imaginam a loucura que está sendo (ou talvez imaginem)... Sorry!

8.11.14

As ilustrações de Mônica Crema

Ilustrações. Esse é um assunto que eu AMO e que, percebi que nunca falei aqui no blog sobre isso.
Hoje vim mostrar uma das minhas artistas preferidas.


Mônica Crema

Não sei muito sobre a Mônica. Não tem muitas informações em sua Fanpage. Lá só diz que ela é Mônica é ilustradora formada em Design Gráfico e que ela acredita que a vida precisa de mais fantasia e a criatividade de mais liberdade. ♥
Mônica é de Belo Horizonte e em breve o projeto Mulheres nos Quadrinhos, formado por 25 ilustradoras, vai virar um livro que contará com a participação da artista.
O Instagram dela é @monicacrema.art e eu acho que você super deveria seguir porque é puro amor ♥
Dêem uma olhada e morram de amores:

Eu tenho vontade de colocar TO-DAS. Porque elas são perfeitas! Eu amo o traço, a delicadeza e o sentimento dessas ilustrações. São todas lindas, muito lindinhas!
Se você pensou "Dá até vontade de tatuar", te digo que conheço quem pensou - e fez - o mesmo:

Fotografia: Paula Soares
Fotografia: Paula Soares

Tatuagens da Paula Soares, minha amiga blogueira e fotógrafa, que escreve o blog A Culpa é da Paula.
Outras pessoas também fizeram, mas como só conheço a Paula, vou mostrar só as dela :)

E vocês? Fariam uma tatuagem com as ilustrações da Mônica Crema? Vou confessar que andei sonhando com alguns desenhos desses na minha pele!

Se você gostou, acompanhe a Mônica Crema:
E não esquece de me acompanhar também! (clique aqui)

Carolina! Na verdade se chama Ana Carolina e não gosta de ser chamada de Ana. Não revela a idade, mas todo mundo diz que aparenta bem menos. Fotógrafa e estudante de Jornalismo. Mudou de área depois de anos insatisfeita com a profissão. Carioca, apaixonante e implicante. Carinha de 8, espírito de 80 anos. Chata, mal humorada e anti-social. Gosta de rimas simples, de frases bobas e é viciada em café. Na vida passada foi um gato tamanha preguiça. Tem mania de ter manias, coleciona coisas inúteis e acha ridículo isso de falar de si mesma em 3º pessoa.

 
Expresso pra Dois © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Rafaela Melo :: voltar para o topo